Assim como todo equipamento de refrigeração, o climatizador evaporativo é alvo de inúmeros mitos.

Mitos estes que impedem muitas empresas de utilizá-lo e obter todos os benefícios proporcionados por ele, como economia no consumo de energia e melhoria da qualidade do ar.

É por isso que, no post de hoje, derrubaremos os 7 principais mitos relacionados ao climatizador evaporativo.

1. Ele não refrigera os ambientes

Da mesma forma que outros equipamentos de refrigeração, o climatizador evaporativo refrigera os ambientes.

Em dias em que os termômetros registram 35ºC ou mais, o climatizador consegue deixar os ambientes internos numa temperatura em torno de 25ºC.

E essa temperatura é a ideal para deixar os ambientes confortáveis e evitar que as pessoas que estejam dentro deles tenham complicações, como tonturas, transpiração excessiva e desmaios.

E além de diminuir a temperatura dos ambientes, o climatizador evaporativo também:

  • Impede o confinamento do ar e o renova constantemente, expulsando vírus, poluentes e odores desagradáveis;
  • Deixa a umidade entre 60 e 70%.

Dessa forma, ele também ajuda a melhorar a qualidade do ar e beneficia diretamente a saúde das pessoas.

2. Ele consome muita energia elétrica

Outro mito bastante comum é o de que o climatizador consome muita energia elétrica.

Mas a verdade é que ele consome apenas 10% da energia de um ar-condicionado para funcionar. Ou seja, ele proporciona uma economia de até 90%.

E isso acaba sendo muito benéfico para qualquer empresa, principalmente em épocas de crise econômica, em que os recursos estão escassos e a política de redução de custos se torna mais forte.

E uma maior economia de energia também contribui para o aumento da sustentabilidade do negócio, o que ajuda a atrair mais clientes.

3. Ele só pode ser utilizado em grandes ambientes

É comum se deparar com climatizadores evaporativos em ambientes grandes, como ginásios, indústrias, granjas, supermercados, armazéns, etc.

Mas ambientes pequenos, como igrejas, buffets, restaurantes, escolas, lojas e academias, também podem utilizá-lo.

Tanto é que, no decorrer dos últimos anos, muitos negócios de pequeno porte, que possuem ambientes pequenos, têm adquirido climatizadores evaporativos.

4. Sua instalação é demorada e complicada

Os modelos de climatizadores evaporativos portáteis não requerem instalação. Eles podem ser levados de um ambiente a outro de forma simples e rápida.

E o processo de instalação dos modelos fixos, que ficam em janelas, paredes ou tetos, é simples, rápido e de baixo custo.

Mas é importante lembrarmos que a instalação dos modelos fixos deve ser feita por uma empresa especializada, que atue há anos no mercado.

5. Sua manutenção é cara e trabalhosa

A manutenção dos climatizadores é simples, rápida e barata, e é realizada em média a cada 6 meses.

E a manutenção pode ser feita pela própria empresa que os adquire. Basta pedir a orientação dos profissionais que realizaram a instalação.

6. Seu design afeta a decoração dos ambientes

No mercado, é possível encontrar uma série de modelos de climatizadores evaporativos que se adéquam a qualquer ambiente.

Alguns possuem, inclusive, um desenho industrial moderno, capaz de atender às exigências até mesmo dos ambientes mais elegantes.

Basta fazer uma pesquisa e escolher aquele que tenha um design que não afete a harmonia arquitetônica do ambiente.

7. Ele lança água no ambiente em forma de névoa

Alguns equipamentos, como o umidificador de ar, lançam água no ambiente em forma de névoa como os aspersores.

Outro mito relacionado ao climatizador é que ele também faz isso. Mas isso não é verdade.

O que ele lança nos ambientes é o ar normal, limpo e refrigerado, sem névoa.

Isso também o torna ideal para ser utilizado em qualquer ambiente.

Conferiu todos os mitos? Agora aproveite para disseminar a verdade sobre o climatizador evaporativo compartilhando esse post nas suas redes sociais!